Como Minerar Bitcoin

Aprenda como funciona a mineração de bitcoins em simples passos

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Bitcoin

Você sabia que, além de comprar e trocar bitcoins, você ainda pode minerá-los? Sim, é uma expressão um tanto enigmática, mas, que tem tudo a ver com a prática aqui. De maneira geral, minerar bitcoins é verificar a possibilidade de fazer outras transações com eles, obter recompensas que você não iria ter em transações, digamos, “normais”.

Inclusive, é bom ressaltar a importância dos mineradores para o mercado das criptomoedas, pois, a maioria dos usuários de não mineram, e os que fazem essa atividade são responsáveis pela criação de todos os novos bitcoins que vão surgindo. Uma atividade, por sinal, que antes era feita em equipamentos domésticos, e hoje é realizada em grandes armazéns.

minerar bitcoin

Então, como minerar bitcoins? A seguir, um passo a passo do processo, que, como vocês verão, é bem simples e rápido de fazer.

Veja como funciona a mineração de bitcoins

Etapa 1

Para começar, tenha uma carteira. Isso é o básico. Com isso, basta se juntar a um pool de bitcoins, que compartilham recompensas de blocos de criptomoedas. Só lembrando que, obviamente, você precisa se juntar a um pool de extrema confiança. Um bom exemplo de pool de bitcoins confiável é o Slush, que atua no mercado desde 2010.

Etapa 2

Você deve instalar um minerador de bitcoins no seu PC. Ressaltando que há dois tipos: o CPU e o GPU. Quer uma dica? Para aqueles que estão começando agora, o minerador GUI da Kiv é o mais indicado.

Etapa 3

Acesse a sua conta referente ao pool do bitcoin, utilizando para isso o seu login e senha. Depois é preciso inserir o endereço referente a sua carteira de bitcoin.

Etapa 4

Aqui, registre os seus “trabalhadores” (sub-contas dentro da sua conta). Lembrando que é permitido contar com mais de um funcionário para cada computador.

Etapa 5

Digite as suas credenciais de trabalho no programa responsável pela mineração. Em seguida, é só inserir a URL referente ao grupo principal para que a mineração comece. Simples, não?

Melhores pools de mineração

AntPool

Originário da China, esse pool é mantido pela BitMain. Seu alcance é tamanho que ele já minera cerca de 15% dos blocos em carteiras bitcoins.

DiscusFish/F2Pool

Também com sede na China, esse pool fez, hoje em dia, a mineração de aproximadamente 12% dos blocos existentes.

BitFury Pool

A mineração desse também é de 12% dos blocos espalhados por aí, com a diferença de que essa mineração acontece em três centros de processamento de dados espalhados pela República da Geórgia. Porém, trata-se de um pool privado, não tendo como se juntar a ele (pelo menos, por enquanto).

BTCC

Terceira maior casa de câmbio de bitcoins da China, sua área de mineração alcança cerca de 7% do total de blocos.

ViaBTC

Esse pool é relativamente novo (está em atividade há pouco mais de um ano), mas, já mostra ótimos resultados de mineração.

DICA FINAL

Ao começar a minerar, é bem provável que você precise de algumas de suas moedas para pagar despesas, como eletricidade. Nesse caso, use o Buy Bitcoin Worldwide, que possibilita você encontrar uma casa de câmbio de Bitcoin em seu país.



Comente!




*Campos obrigatórios