Criptomoedas: Em qual investir em 2018?

Veja as melhores opções de moedas digitais para investimento em 2018

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Bitcoin

As criptomoedas são o assunto do momento quando o tema se trata de investimentos financeiros. Com uma grande perspectiva de crescimento (e valorização) para os próximos anos, surgiram novas alternativas ao Bitcoin que podem ser uma verdadeira chance de ouro para aqueles que estão em busca da multiplicação do seu patrimônio.

moedas digitais para investimento em 2018

No post de hoje nós falaremos quais são essas alternativas e quais são as previsões gerais para cada uma delas. Pronto para saber mais sobre essas novas criptomoedas? Continue a sua leitura!

O BitCoin ainda vale a pena?

Apesar da sua popularidade, o Bitcoin ainda é uma boa fonte de investimento. O maior problema é que com sua alta valorização (e volatilidade, em alguns momentos), é preciso informar que esse investimento pode ter risco moderado, além de ter um custo relativamente alto para começar.

Entretanto, com certos cuidados ainda é possível conseguir bons dividendos com essa criptomoeda que continua em uma crescente.

Também é preciso informar, que o BitCoin é reconhecido como moeda pioneira desse novo mercado, portanto, esse investimento possui maior solidez que outras moedas que ainda estão prestes a ganhar tração no mercado.

Agora vamos as próximas opções!

Ethereum (ETH): Perspectiva de crescimento para 2018

A criptomoeda Ethereum ganhou mais notoriedade após a sua valorização exponencial no início de 2017. No final deste mesmo ano, houve uma nova perspectiva de crescimento e atualmente essa é uma das maiores promessas de investimento no mundo das criptomoedas após o BitCoin.

BitCoin Cash: Nova criptomoeda com um grande potencial para os próximos anos

A BitCoin Cash é uma nova criptomoeda baseada diretamente da sua irmã famosa: a própria BitCoin “comum”. Criada em 1 de Agosto de 2017, essa moeda apresenta um grande momentum (impulso ou tração) para atingir grandes patamares em 2018.

Isso acontece pela já reconhecida solidez da criptomoeda original. É uma nova alternativa de investimento que atrai os iniciantes e os mais curiosos neste mercado.

IOTA: Uma inovação tecnológica que pode render muitos dividendos

A IOTA é uma criptomoeda que não utiliza o sistema BlockChain. Com isso, ela consegue superar algumas limitações do BitCoin como a cobrança de tarifas e a necessidade de backups.

Tirando os termos técnicos de cena, essa é uma das criptomoedas que podem apresentar um imenso potencial para os anos seguintes. Entretanto, é preciso estar atento antes de investir nesta moeda, uma vez que os riscos (e as recompensas) podem ser grandes devido as suas individualidades.

Se você entende de tecnologia e da variação do mercado, esta pode ser uma boa alternativa.

Ripple: Um sistema de pagamento livre e uma criptomoeda em expansão

A criptomoeda Ripple é alvo de debate. Há um ano atrás um token da criptomoeda Ripple (que também é conhecida como XRP) valia 0,25 centavos de dólar, porém se valorizou muito recentemente.

Essa súbita valorização colocou essa nova criptomoeda no mapa, o que fez com que ela se tornasse um excelente meio de pagamento em conjunto do seu sistema.

Seu entendimento é simples e a sua premissa é única: liberar as pessoas de taxas, tarifas e quaisquer outras amarras das instituições tradicionais.

Esta é uma excelente alternativa para quem procura aumentar seus dividendos em 2018!

Dash: A Criptomoeda anônima que chegou ao seu primeiro bilhão

A criptomoeda Dash ganhou seu merecido reconhecimento após atingir uma capitalização superior a 1 bilhão de dólares. Tendo como diferencial a abordagem de anonimato para as transações financeiras, rapidamente esta criptomoeda se tornou um marco no mercado.

O aumento do acesso para sua compra e para sua valorização foram (e são) dois fatores que catapultaram sua valorização.

Atualmente uma unidade (ou um token) da moeda Dash está valendo mais de cem dólares, com a perspectiva de valorização para os próximos meses.

Essa é mais uma alternativa viável para aqueles que desejam aumentar de patrimônio.

Litecoin: a “prata” das criptomoedas

A Litecoin foi criada por um dos engenheiros de software da Google. Sua capitalização impressiona e já ultrapassa os 10 bilhões de dólares.

Seu principal uso consiste em transações “mais leves” ou de “menor valor”. Essa criptomoeda conta com oito casas decimais e sua mineração na rede é mais fácil.

Um Litecoin hoje está valendo cerca de 200 dólares, o que pode ser uma porta de entrada para aqueles que desejam fugir da gigante BitCoin mas não desejam ter um risco excessivo.

BitCoin Gold: buscando uma valorização ainda maior

A BitCoin Gold é outra “irmã” da tradicional BitCoin. Seguindo a linha da criptomoeda BitCoin Cash, a BitCoin Gold visa ampliar ainda mais a gama de investimentos da criptomoeda mais tradicional do mercado.

Todavia, a BitCoin Gold tem como objetivo principal atingir uma valorização ainda maior que a do ouro, o que é um marco já conquistado pela sua outra vertente.

Vale ressaltar que há uma imensa dificuldade de mineração dessa moeda, e para completar, poucos são aqueles que conseguirão investir e conseguir ter bons rendimentos, uma vez que o investimento inicial é bem alto.

Apesar disso, é uma outra criptomoeda que vale sua atenção para 2018.

Monero: uma das maiores concorrentes do Bitcoin

A Monero foi criada do zero e é uma das únicas criptomoedas que não utiliza como base o código da BitCoin. Essa moeda virtual é totalmente descentralizada e anônima, o que faz com que ela seja uma grande alternativa para algumas pessoas.

Sua capitalização está crescendo assim como a sua aceitação no mercado. Esta é uma das maiores apostas do mercado das criptomoedas, principalmente se levarmos em conta sua segurança e anonimato nas transações.

Ethereum Classic: a vertente da ETH que possui um grande potencial de valorização a curto prazo

A Ethereum Classic surgiu após um hard fork da Ethereum “comum”. Essa nova vertente da ETH possui um grande potencial de valorização a curto prazo e o seu preço ainda é baixo o suficiente para novos investidores começarem a sua trajetória nas criptomoedas.

No entanto, é preciso informar que alguns acreditam que essa nova vertente é falha e insegura, fazendo com que os riscos se tornem altos para aqueles que desejam utilizar essa alternativa.

A solução é um estudo aprofundado do mercado e principalmente do comportamento desta criptomoeda, que apesar de seus problemas, possui um potencial semelhante ao da sua “irmã”, a ETH.

Esse foi o nosso post com as criptomoedas que podem ser uma boa escolha de investimento para 2018! Gostou do conteúdo? Escreva a sua opinião nos comentários!



Comente!




*Campos obrigatórios