BDRs não patrocionados

Aprenda tudo sobre BDR (Brazilian Depositary Receipt) não patrocinado

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Ações

De acordo com a Instrução CVM 332, atualizada pela CVM 431, 456, 480 e 493, são valores mobiliários emitidos no Brasil representando, outros valores mobiliários de companhias ou assemelhadas com sede no exterior. Os ativos (termo utilizado para mostrar o conjunto de bens, valores, créditos direitos que formam patrimônios, avaliado pelos seus respectivos valores de mercado) localizados no Brasil devem corresponder a 50% ou mais dos valores financeiros individuais constantes dos relatórios contábeis, separado ou consolidado da melhor maneira para representar os negócios econômicos afins de classificação.

Investimentos no Brasil

Os BDRS são divididos em patrocinados que são distribuídos por níveis I, II e III e não patrocinado, que veremos com maior detalhes. A instituição financeira que emite este certificado é chamado de Instituição Depositária no Brasil, a BM&FBOVESPA (Bolsa de Valores e Mercadorias e Futuro), escolheu o Itaú Unibanco como líder na representação.

BDR não patrocinado

A regulamentação prevê a existência do BDR não patrocinado, que é o programa instituído por uma ou mais instituições depositárias emissoras de certificado, sem um acordo com a companhia emissora dos valores mobiliários objeto do certificado de depósito, somente admitindo negociação nos moldes do BDR Patrocinado Nível I.

Foi decidido emitir BDR nível I não patrocinado baseado na regulamentação da CVM (Comissão do Valores Mobiliários) e da BM&FBOVESPA, podendo ser emitido sem o envolvimento de empresas estrangeiras.

BDR Não Patrocinado

Benefícios para o investidor:

Tem a possibilidade de compor sua carteira de ações além de aquirir ações de companhias estrangeiras negociada no mercado nacional.
De modo simples e ágil é possível investir em empresas estrangeiras, sem necessidade de operações de câmbio. Facilidade de transferir recursos no exterior, contando com toda infraestrutura da BM&FBOVESPA.

Perfil do Investidor:

O BDR não patrocinado pode ser adquirido por:

  • Instituições Financeiras
  • Fundos de Investimento
  • Administradores de carteira
  • Consultores de valores mobiliários autorizados pela CVM, em relação a seus recursos próprios;
  • Entidades fechadas de previdência complementar
  • Pessoas físicas ou jurídicas com investimentos financeiros superiores a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

Como é feita a Negociação?

O BDR não patrocinado é listado no Mercado de Balcão Organizado da Bolsa de Valores (segmento de mercado de capitais brasileiro) e negociado no Mega Bolsa (sistema eletrônico de negociação do Segmento BOVESPA).
Emissão e cancelamento de certificados.
A Bolsa de Valores controla o posicionamento dos investidores e acompanha todo o processo de emissão e cancelamento dos Certificados de Depósitos de Valores Mobiliário, realizado pelas instituições depositária a pedido do investidor brasileiro.

Regulamentação

Pelas diferenças de mercados existentes entre os países, a instituição depositária fica responsável por realizar todos os trâmites necessários para que o investidor tenha seus direitos garantidos

Links:

nova-bolsa-de-valores-foto



Comente!




*Campos obrigatórios