BDRs Patrocinados: nível I, II e III

Aprenda mais sobre BDR patrocinado nível I, II e III

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Ações

De acordo com a Instrução CVM 332, atualizada pela CVM 431, 456, 480 e 493, são valores mobiliários emitidos no Brasil representando, outros valores mobiliários de companhias ou assemalhadas com sede no exterior.
Os BDRs patrocinados possuem caracteristicas próprias como serem uma única instituição depositária sendo contratada pela emissora.

A empresa é responsável por publicar informações obrigatórias, no mercado nacional, pelo seu representante legal.

Investir no Mercado Nacional

BDR Patrocinado Nível I

O BDR nível I é semelhante aos não patrocionados como:

São negociados em mercado de balcão organizado ou Bolsas de Valores
Não é necessário o registro de companhia na CVM

Como o investidor pode adquirir?

  • Através de instituições financeiras
  • Fundos de investimentos

Quem pode investir em BDR nível I?

  • Administradores de carteira e consultores de valores mobiliários autorizados pela CVM, em relação a seus recursos próprios;
  • Empregados da empresa patrocinadora ou de outra empresa integrante do mesmo grupo econômico;
  • Entidades fechadas de previdência complementar
  • Pessoas físicas ou jurídicas com investimentos financeiros superiores a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

BDR Nível II e III

O BDR nível II e III, necessita de que a companhia estrangeiras, tenha patrocínio o programa de certificados de depósito de ações: BDR nível II ou Nível III obtendo qualificação de registro na categoria A, sendo regulamentado pela CVM nº 480, de 07 de dezembro de 2009, baseando sobre o registro de valores mobiliários admitidos à negociação nos mercados regulamentados.
É necessário a contratação de uma empresa estrangeira que efetua a organização do lançamento do programa no Brasil
É necessário o registro na CVM e a listagem na Bolsa de Valores
OS BDRs níveis II e III, as empresas estrangeiras podem captar recursos no Brasil, devido o necessário registro da oferta na CVM.

Vantagens do BDR II e III

  • Diversificação do seu portfólio, possibilidade de compor a carteira com ações brasileiras e com ações de recibo internacional.
  • Simples e agil oferecem aos investidores total suporte pela Bolsa de Valores e a CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), sendo realizado toda negociação no Brasil

Perfil do investidor

Qualquer tipo de investidor pode negociar BDRS nível II e III por serem considerados investimentos no Brasil.
Como é negociado?

São negociados na Bolsa de Valores, pelo sistema MEGABOLSA.

BDR Patrocinado

Liquidação e Custódia

É feita pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) segundo as normas da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Riscos segundo o diretor da Título Corretora Marcos Cardoso

Márcio Cardoso, sempre que você opera em bolsa é importante conhecer aquele ativo que  está comprando, independente de ser uma empresa brasileira ou estrangeira.

“Para comprar uma ação, me tornar sócio da empresa, eu tenho que conhecer a fundo a empresa, o mercado em que ela atua, seus concorrentes, que impacto ela tem na economia e que impacto ela sofre da economia”, ressalta.

Segundo o profissional, o mais importante é o investidor entender o mercado no qual está investindo e ter consciência dos riscos embutidos. “É uma questão de como você interage com o mercado, como você absorve as informações, qual é o seu estilo de fazer negócio. Eu não posso dizer para o investidor que ele não deve comprar ações da Apple e deve comprar ações de uma empresa brasileira, se o órgão regulador acredita, depois de um estudo longo, que investidores com aplicações superiores a R$ 1 milhão têm capacidade de fazer isso”, finaliza.

Veja quais são os BDRs patrocinados na Bolsa de Valores clique aqui.

Baixe as normas regulamentadoras segundo a CVM:



Comente!




*Campos obrigatórios