Como Equilibrar as Finanças

Dicas para equilibrar as finanças a sair do vermelho

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Seu Dinheiro

O ano de 2014 mal começou e você está cheio de dívidas, o que fazer? Comece aos poucos a se livrar das dívidas e controle pouco a pouco as suas finanças. Você pode criar um projeto muito fácil de fazer e se organizar basta seguir passos simples que começam a partir de uma boa disciplina e uma boa organização.

Especialistas de órgãos de proteção ao crédito nos ofereceram algumas dicas interessantes de como fazer o ano de 2014 um ano de controle para o dinheiro. Confira algumas dicas a seguir e comece agora mesmo a organizar o seu dinheiro.

Para começar, descubra se seu nome está nos órgãos de restrição ao crédito. Muitas pessoas apenas descobrem que estão com o nome no SPC a partir do momento que precisa de crédito, já que o crédito não fica totalmente interrompido. Esquecer-se de parcelas, cheques sem fundo ou ainda uma conta de um valor baixo poderá deixar o nome do usuário sujo.

equilíbrio financeiro

Para que possa descobrir isto, é interessante realizar uma boa pesquisa em serviços determinados de proteção ao crédito e também cartórios de protestos. Existe ainda a possibilidade de verificar listas diferenciadas como o SCPC e também órgãos como a Serasa. Atualmente existe na internet o site do Consumidor Positivo, nele é possível se cadastrar e descobrir sem sair de casa e ainda gratuitamente toda as situação do seu cpf atualizada em tempo real.

As consultas por sua vez realizadas pelo Serasa e pelo SPC poderão ser vistos apenas em locais físicos.

Estou com o nome sujo, o que fazer?

Durante a pesquisa do seu nome é possível descobrir tudo o que está se devendo. Algumas das lojas e bancos oferecem uma negociação virtual e disponibilizam de boas alternativas para que você possa pagar sua dívida na hora de sua consulta. Muitos órgãos oferecem também possibilidades de negociação com os credores também pela internet. Caso não tenha esta possibilidade o credor precisa procurar o devedor, ou vice e versa para haver uma negociação de pagamento.

Pague realmente o que você puder

finanças pessoais

Um dos grandes erros de quem quer renegociar as dívidas é entrar novamente para o cadastro de inadimplentes em até 12 meses depois da negociação. Tudo isto acontece porque as pessoas não fazem um bom planejamento dentro de seu orçamento mensal, e não mede suas possibilidades, acabam então fechando qualquer acordo que muitas vezes não conseguem pagar ou então para tirar o nome apenas.

Reorganize a sua vida financeira

Caso suas despesas forem muito maiores do que a sua renda é fundamental se organizar a sua vida novamente. Buscar por outro emprego ou ainda ter uma renda extra pode ser uma boa solução temporária, além disto é fundamental se cortar gastos inúteis para diminuir as suas despesas. A sua família deverá sempre lhe ajudar quando possível, o final do ano é uma boa época para ter uma renda extra, participando de vagas de empregos temporários. Além disto, procure fugir das dívidas caras e também evite os juros.



Comente!




*Campos obrigatórios