Dicas para Comprar Roupas e Sapatos

O que cuidar na hora de comprar roupas e sapatos

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Seu Dinheiro

Ao realizar uma compra, é importante analisar bem as etiquetas existentes dos produtos, além disto, procure experimentar bem as peças para que não se arrependa da compra mas tarde.

Para a grande maioria das pessoas, realizar compras de roupas e também de sapatos é algo bem interessante e bastante mágico, com a capacidade de oferecer uma felicidade realmente incrível. E para outras, se trata apenas de uma boa obrigação que temos de cumprir de tempos em tempos, é claro.

Em qualquer um dos casos determinados, é importante prestar atenção a alguns detalhes, para que não se corra o risco de perder dinheiro com isso realizando assim um mau negócio. Com isto, todas as dicas que daremos a seguir são indicadas pelo Procon de São Paulo.

compras

Observe bem a etiqueta

Depois que procurar escolher o número, bem como a cor e o modelo da sua roupa, o consumidor deverá sempre ler a etiqueta e verificar que tipo de fibra é utilizada na composição deste tecido. Se será algodão, lã, seda, entre outros, e ainda as condições existentes de lavagem e secagem da sua peça. Procure se lembrar bastante que tudo deverá vir em língua portuguesa.

Quem não souber a composição de tecidos é um dado que faz bastante diferença, ela e o preço do tecido vem diretamente vinculados entre si. E ainda se uma pessoa for alérgica a algum tipo de fibra deverá com estas informações ficar bem mais segura na hora de comprar os produtos.

Levando em conta dados do Procon, comercializar artigos sem etiqueta ou que tenham uma composição inadequada é um tipo de prática proibida por lei. Toda a fiscalização deverá ser feita através do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo, o IPEM – SP.

Além disto, na hora de comprar os sapatos, procure verificar se eles se ajustam ao seu pé se você tiver calos ou ainda joanetes isto pode atrapalhar, é importante analisar também se eles lhe oferecem uma boa firmeza ao andar. Analise a resistência do seu solado, bem como a sua flexibilidade e ainda condições de costura, de fivelas ou ainda de cadarços.

sacolas de compras

A troca pelas empresas não é obrigatória

Assim que você adquirir roupas ou ainda calçados para a utilização própria, é recomendado que o consumidor experimente e procure definir bem as características do que procura, as lojas não são obrigadas a trocar mercadorias devido a cor, modelo ou tamanho por exemplo.

É importante verificar antes de sair da loja se o produto é correspondente ao escolhido. E no caso dos sapatos, é importante ter ainda mais cuidado, procure ficar atento se seus dois pés são do mesmo número, uma vez que as trocas deste tipo acontecem bastante.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, caso uma peça apresente vícios aparentes, o cliente poderá ter até 90 dias para trocar a peça, e o estabelecimento tem até 30 dias para resolver o problema. Se o prazo terminar e o problema não for resolvido, o cliente tem direito da troca do produto ou seu dinheiro de volta.



Comente!




*Campos obrigatórios