Fundos Imobiliários

Aprenda o que é e como funcionam os fundos imobiliários

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Fundos de Investimento

Os fundos imobiliários investem em um ou mais empreendimentos (edifícios comerciais, shopping centers, edifícios residências, rural, construir, reformar etc).

Com as incertezas do mercado financeiro externo, o setor financeiro nacional sofreu a influência da crise externa, ocasionando mudanças em mercado como: a alteração da rentabilidade da poupança, o Selic mais baixo, o sobe e desce na Bolsa de Valores em 2012. Os fundos imobiliários foram a alternativa para investidores que buscavam rentabilidade na renda variável (veja explicação abaixo) sem necessitar investir diretamente em imóveis.

Renda Variável

Tem como característica a variação, não sendo possível estimar os valores podendo ter variações positivas ou negativas, essas mudanças ocorre em curtos prazos de tempo.

Pode ser adquirido por cotas que após a aquisição não há como serem regatadas ou em recebíveis imobiliários.

Fundos Imobiliários

CRIs – Certificados de Recebíveis Imobiliários

Títulos de longo prazo difundido em créditos imobiliários exemplo: fluxo de pagamentos de contraprestações de aquisição de bens imóveis, ou de aluguéis – emitidos por sociedades securitizadoras.

LCIs – Letras de Crédito Imobiliário

Utilizam uma parcela de sua carteira de crédito imobiliário,para garantir a aplicação que pode ser oferecida ao cliente. Este recurso é direcionado somente para financiamento habitacional.

Crédito Imobiliário

Como definir a aplicação no fundo imobiliário?

Existem dois modelos de aplicação:

  1. De aluguéis – para quem deseja ter uma renda regular do investimento.
  2. De vendas, reformas, construção, para quem deseja lucrar com a valorização do imóvel.

Dica

Antes de adquirir o fundo imobiliário analise o seu perfil de investidor sendo mais conservador a indicação seria para fundos imobiliários de rentabilidade de aluguel.

Tendo um perfil de moderado a ousado a indicação é para fundos imobiliários de vendas, construção, reformas, visando o lucro no final. Lembrando que sendo pessoa física na venda do fundo será descontado o IR de 20% do montante.

Analise o empreendimento vendo, se o local lhe agrada, se você compraria, se é de fácil localização, se está tendo investimento na região.

Conheça que administra o imóvel, pois ele que irá dividir as cotas, e os valores de venda, certifique-se da idoneidade do administrador.

Essas informações são extremamente importantes antes de adquirir um fundo imobiliário pois a valorização e o valor do aluguel virá de forma em que haja clientes interessados no local.

Sempre confira se a corretora está listada na bolsa que administrada esses fundos.

Tire sempre o máximo de informações necessárias.

O investidor pessoa física tem como vantagem a isenção do IR (Imposto de Renda), sobre os valores pagos mensalmente tanto a título de aluguel ou a título de lucro pela venda do empreendimento.

Confira no Portal Exame clicando aqui a lista dos 13 fundos mais promissores em 2013 conforme opinião de quatro instituições financeira renomadas.

Veja no site da Bolsa de Valores o resumo sobre Fundos Imobiliários e as corretoras atuantes no mercado.



Comente!




*Campos obrigatórios