PGBL

Como funciona previdência privada no modelo de PGBL

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: Fundos de Investimento, Previdência Privada

Falamos no texto anterior sobre a Previdência Privada como funciona e os tipos que possui sem ter o vínculo com a empresa em que trabalha, sindicatos ou ordem de classe.

Agora neste texto vamos falar de maneira mais abrangente sobre a PGBL e nos dois artigos em seguida sobre a VGBL e os benefícios da previdência privada.

Não viu o texto anterior? Então confira aqui!

O que significa PGBL?

Plano Gerador de Benefício Livre

PGBL

Quem pode adquirir o plano PGBL?

A PGBL é indicada para pessoas que possui renda que se torne obrigatório a Declaração do Imposto de Renda no modelo completo e também seja contribuinte do INSS.

O que devo levar em conta na escolha da PGBL?

A PGBL é indicada que pode contribuir em média  com até 12% da sua renda bruta anual.

Atenção!

O resgate da PGBL é incidido de todo o valor tributado incluindo contribuições e rendimentos, havendo o desconto do Imposto de Renda sobre o valor do capital investido no período de contribuição.

Quais os benefícios?

  1. Uma poupança para o investidor.
  2. No final da contribuição pode ser resgatado o montante total ou em parcelas como se fosse um salário.
  3. Migração de uma empresa para outra sendo no mesmo tipo de plano contratado.
  4. O investidor e o beneficiário do plano não necessitam ser o mesmo. Podendo ser feito a previdência para os filhos, pais, cônjuges, ou outras pessoas que tenham vínculo com o investidor.
  5. Caso haja a falência o plano pode ser transferido para outra empresa diminuindo os riscos da atividade.
  6. Possibilidade de resgate antes do prazo final. Vale lembrar que quanto antes antecipar o valor, o regaste poderá não ser restituído de maneira integral, confira junto a instituição financeira contratada a tabela com os prazos e a porcentagem do valor de resgate do plano antes do término.

Investir em PGBL

Quais são as taxas da PGBL?

Como um plano de previdência privada as taxas são: administrativa, carregamento (aporte do valor do investimento).

Dúvidas frequentes….


Como funciona um plano de PGBL sendo eu o investidor e o meu filho (a) como beneficiário (a)?

Você pode fazer desde dos primeiros dias de vida.

Nesse caso plano de previdência é para uma garantia futura, caso deseje poderá colocar um nome em seu investimento como: faculdade, despesas futuras, etc.

Como todo plano de previdência você estipula o prazo de resgate do plano, e o valor que deseja que receba mensalmente ou integralmente após o término da contribuição.

Vamos supor que desejo começar contribuir do nascimento até os 18 anos de idade, para que ele possa resgatar futuramente.

Planejo o valor inicial da contribuição, quanto será investido por mês, e tenho uma base através dos simuladores online ou mesmo com o gerente do banco ou corretora de sua preferência do valor a ser resgatado integral ou mensal.

Hoje muitos pais tem feito esse plano em vez da poupança, devidos as melhores taxas de juros e valores a serem resgatados.

Eu sendo investidor como posso fazer para meus pais?

  • O primeiro passo é pensar qual é a idade atual dos seus pais?
  • Já são aposentados?

Levando em conta esses fatores podemos dizer que o plano de previdência poderá ter um prazo mais curto, e além disso o valor da contribuição dependendo do quanto deseja que receba como complemento da aposentadoria, irá ser um valor mais alto de investimento.

Seguem dois exemplos:

Seu pai ou sua mãe já tem cinquenta anos de idade, e irá se aposentar daqui dez ou quinze anos, para que na mesma época que eles se aposentem já tenham o rendimento extra deverá fazer um plano de previdência em que período é igual a da aposentadoria.

Eles, já são aposentados mas você deseja que daqui dez anos eles possam ter um complemento dessa aposentadoria visando que o plano de saúde será mais alto o custo e os gastos dependendo de cada caso pode aumentar devido ao uso de medicações, podendo ser feita da mesma maneira que a anterior tendo como diferença que não estará complementando a aposentadoria antes do período estipulado para resgate.

“Esses exemplos citados são indicados no caso que seu filho (a) ou seus pais sejam dependentes no Imposto de Renda, já que toda a PGBL tem o desconto de de 12%  ao ano na declaração completa.”



Comente!




*Campos obrigatórios